Novos modelos de urnas eletrônicas para a eleições de 22.

Compartilhe

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Luís Roberto Barroso participou de uma coletiva de imprensa nesta segunda (13) para divulgação dos novos modelos de urnas eletrônicas que serão utilizados nas eleições de 2022.

O evento foi realizado em Manaus, onde os novos módulos são feitos. Cada fase de produção é acompanhada pela equipe da Coordenadoria de Tecnologia Eleitoral (Cotel), da Secretaria de Tecnologia da Informação do TSE.

Segundo divulgou o Tribunal, 577 mil urnas serão utilizadas no ano que vem. Os novos modelos totalizarão 225 mil unidades, que devem ser entregues até maio de 2022. A vida útil de uma urna é de 10 a 12 anos.

Veja os novos modelos de urnas eletrônicas para as eleições de 2022

Entre as novidades nesses itens está o terminal do mesário, com tela totalmente gráfica e sensível ao toque, sem teclado físico. Dessa forma, enquanto uma pessoa vota, outra pode ser identificada pelo mesário, aumentando a velocidade com que é feita a votação e diminuindo filas.

Elas também contam com um processador 18 vezes mais rápido e uma bateria que não precisará ser recarregada até o final da vida útil da urna.

Na coletiva, Barroso reafirmou que a votação eletrônica é segura.

“É sempre bom lembrar que as urnas eletrônicas não entram em rede. O resultado das eleições são impossíveis de serem alterados”, afirmou o presidente do TSE.

Você Tomaria A Vacina do Covid-19 Mesmo Sabendo Que Pode Morrer?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu